Páginas

MENU

PAI NOSSO

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME, VEM A NÓS O VOSSO REINO, SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU. O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAÍ HOJE, PERDOAI-NOS AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO, NÃO NOS DEIXEI CAIR EM TENTAÇÃO MAS LIVRAI-NOS DO MAL. AMÉM.

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/5/2/7/7/5457725_f8fdf.gif

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

O QUE É ESCATOLOGIA?

O estudo da Escatologia diz respeito aos acontecimentos que afetarão cada indivíduo no fim de sua jornada terrestre. São eles: Morte, Juízo Particular, Purgatório, Inferno e Céu. E a Escatologia coletiva trata dos acontecimentos relacionado com o fim dos tempos, a saber: Parousia (2a. vinda de Cristo), Ressurreição da Carne, Juízo Final ou Universal e os “Novos Céus e Nova Terra”.

A MORTE é onde se dá a separação entre o corpo e a alma. Deus não é o autor da morte. Foi o homem que, usando mal a liberdade que Deus lhe deu, pecou, e ao pecar, permitiu que a morte entrasse no mundo.

O JUÍZO PARTICULAR ocorre imediatamente após a morte, e define se a alma vai para o Céu, inferno ou purgatório. Não há uma ação violenta de Deus, mas simplesmente a alma terá nítida consciência do que foi sua vida terrestre, e assim, se sentirá irresistivelmente impelida para junto de Deus (Céu), ou para longe da presença de Deus (Inferno) ou ainda para um estágio de purificação (Purgatório).

PARUSIA OU A PRÓXIMA VOLTA DE CRISTO–EB–Parte 2

 

Mais precisamente, o autor constrói sua cronologia sobre dados do livro de Daniel (como, aliás, fazem os Adventistas e as Testemunhas de Jeová). Parte de Dn 9, 24-27, que afirma o seguinte:

“Um prazo de setenta anos foi fixado

A respeito do teu povo e da tua Cidade Santa,

Para pôr termo ao pecado,

Para dar fim à iniquidade,

Para expiar a culpa,

Para introduzir justiça eterna,

Para selar (= cumprir) visão e profecia,

Para ungir o Santo dos Santos.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

PARUSIA OU A PRÓXIMA VOLTA DE CRISTO–EB–Parte 1

Em síntese: O livro do Pe. Léo Persch procura ilustrar as passagens de Daniel e do Apocalipse, aparentemente proféticas, à luz das revelações particulares atribuídas ao Senhor Jesus e a sua Mãe Santíssima; Medjugorje, Pe. Gobbi e Vassula Ryden seriam luzeiros para se entenderem os textos sagrados. Em consequência, Pe. Persch professa a volta de Cristo para breve (ano 2000), a fim de instaurar sobre a terra um reino de paz e bonança espiritual; esse evento, diz ele, será precedido de terríveis catástrofes, que punirão os maus e deixarão os bons incólumes.

A estas proposições se deve opor o caráter e subjetivo da interpretação da Bíblia por parte do autor; não leva em conta o gênero literário dos escritos apocalípticos de Daniel e de São João. Além do quê, é temerário dar tanto peso a revelações particulares como se fossem a continuação ou explicitação da revelação pública e oficial feita à Igreja por Jesus e pelos autores sagrados. A índole subjetiva e imaginosa da obra do Pe. Persch prejudica a sua credibilidade. – Dizemos isto sem pretender desmerecer o zelo do autor pelo reafervoramento de vida dos fiéis cristãos. Este zelo missionário é muito válido, mas vem sendo exercido sem base suficiente na Palavra de Deus.

sábado, 3 de dezembro de 2016

A DIFERENÇA DE CRISTO NA HÓSTIA E SUA SEGUNDA VINDA

hostiaA presença Eucarística de Jesus é diferente da Segunda Vinda, onde Ele virá glorioso, para derrotar todos os inimigos do Reino, colocar fim na História e julgar para sempre os vivos e os mortos.

A sua presença na Hóstia Sagrada ainda é a sua presença no plano misericordioso do Pai para nos salvar; e não no plano da Justiça, como na Segunda Vinda. No sacrário e no altar Ele está escondido, submisso, preso, para nos salvar…

Sugiro que leia o livro: ”O Segredo da Sagrada Eucaristia”


Prof. Felipe Aquino

Fonte: Editora Cléofas

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

QUANDO CRISTO VOLTARÁ?

Resultado de imagem para jesus cristoCom relação à data em que acontecerá a renovação do mundo e a inauguração definitiva do Reino de Deus, ninguém sabe e não devemos especular a respeito. Muitos se enganaram sobre isto e levaram muitos outros ao engano e ao desespero. Até grandes santos da Igreja erraram neste ponto. Podemos citar alguns exemplos:

São Hipólito de Roma (+235) – chegou a afirmar que o final do mundo seria no ano 500.

Santo Irineu (+202)  – confirmava a tese do Os. Barnabé, de que o final seria no ano 6000 após a criação do mundo…

Santo Ambrósio (+397) e São Hilário de Poitres (+367) – apoiaram a mesma tese anterior.

São Gaudêncio de Bréscia (+405) – indicava o ano 7000 após a criação.

No século V, com a queda de Roma (476), S. Jeronimo (+420), São João Crisóstomo (+407), São Leão Magno (+461), defendiam que face à queda de Roma, o fim do mundo estava próximo…

VIGIAI: CRISTO VIRÁ DE NOVO

Jesus vai voltarPara impedir que os discípulos o interrogassem sobre o momento de sua vinda, disse-lhes Cristo: Aquela hora ninguém a conhece, nem os anjos nem o Filho. Não vos compete saber o tempo e o momento (cf. Mc 13,32-33). Ocultou-nos isso para que ficássemos vigilantes e cada um de nós pudesse pensar que esse acontecimento se daria durante a nossa vida. Se tivesse revelado o tempo de sua vinda, esta deixaria de ter interesse e não seria mais desejada pelos povos da época em que se manifestará. Ele disse que viria, mas não declarou o momento e por isso as gerações e todos os séculos o esperam ardentemente.

Embora o Senhor tenha dado a conhecer os sinais de sua vinda, não se vê exatamente o último deles, pois numa mudança contínua, esses sinais apareceram e passaram e, por outro lado, ainda perduram. Sua última vinda será igual à primeira.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

ABERTURA DO CONSELHO PERMANENTE DA CNBB RECORDA MÊS MISSIONÁRIO

Brasília (Quarta-feira, 26-10-2016, Gaudium Press) A 91ª reunião ordinária do Conselho Permanente da CNBB teve início na manhã desta terça-feira, 25 de outubro. Na abertura da cerimônia, realizada na sede da entidade, em Brasília, esteve presente o Arcebispo de Brasília e presidente da Conferência, Dom Sergio da Rocha, que recordou as motivações do Mês Missionário e destacou o chamado à Igreja para que seja "discípula, missionária e profética".

Abertura do Conselho Permanente da CNBB recorda Mês Missionário.jpg

"Não é possível ser Igreja missionária sem atitude de discipulado", disse Dom Sergio, comentando a missão eclesial de anunciar a palavra, observado os sinais dos tempos durante reflexão sobre a leitura do Evangelho.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

SÃO JOÃO PAULO II E SANTA FAUSTINA SÃO TESTEMUNHO DA DIVINA MISERICÓRDIA, DIZ O PAPA

São João Paulo II e Santa Faustina KowalskaSegundo o site ACI Digital, na sexta-feira, véspera da festa de São João Paulo II, celebrada pela Igreja no dia 22 de outubro, o Papa Francisco exortou a seguir o exemplo do Pontífice polonês e de Santa Faustina Kowalska, os quais mencionou como “luminosas testemunhas” da Divina Misericórdia.

Assim o indicou o Santo Padre em seu discurso aos membros da Fundação João Paulo II, durante uma audiência na manhã de sexta-feira na Sala do Consistório do Palácio Apostólico do Vaticano.

PAPA FRANCISCO: É TEMPO DE CORAGEM D DE PROCLAMAR O AMOR DE DEUS!

Papa-Francisco_-Angelus-2014O Site ACI Digital informou ontem (23/10/2016) que o Papa Francisco presidiu a Oração do Ângelus neste domingo diante de 50.000 pessoas e falou a respeito da segunda leitura de São Paulo a Timóteo e sobre a necessidade de ser missionários da evangelização hoje, no Dia Mundial das Missões.

“Nesta narração autobiográfica de São Paulo se espelha a Igreja, especialmente hoje, Dia em que se celebra o Dia Mundial das Missões, cujo tema este ano é ‘Igreja missionária, testemunha de misericórdia’” explicou o Papa.

PAPA FRANCISCO: NÓS CRISTÃOS SOMOS CHAMADOS A COLHER QUEM NECESSITA

 

Segundo o site ACI Digital (26/10/2016), no ciclo de catequeses sobre as obras de misericórdia, o Papa Francisco falou nesta quarta-feira sobre: “era estrangeiro e me hospedastes; estava nu e me vestistes”. O Pontífice comentou que os cristãos devem estar atentos a esta realidade e ajudar quem necessita.

“Essas obras de misericórdia deixam evidente que os cristãos não estão cansados nem têm preguiça na espera do encontro final com o Senhor, mas a cada dia ali o encontram, reconhecendo seu rosto no de tantas pessoas que pedem ajuda”.

CENTRO EM HOMENAGEM À IRMÃ DULCE É INAUGURADO NO BAIRRO DOS ALAGADOS, NA BAHIA

Salvador - Bahia (Segunda-feira, 24-10-2016, Gaudium Press) Na capital soteropolitana, os fiéis católicos celebraram no último sábado, 22 de outubro, a inauguração do Centro Irmã Dulce, da Paróquia Nossa Senhora dos Alagados e São João Paulo II.

Centro em homenagem à Irmã Dulce é inaugurado em paróquia de Salvador.jpg

Na ocasião, a cerimônia solene de inauguração teve início às 17h, quando o bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Dom Gilson Andrade da Silva, concedeu a bênção ao espaço.

Logo em seguida, os fiéis participaram de uma procissão com destino à Matriz, onde Dom Gilson presidiu uma Santa Missa, às 19h, em ação de graças pela festa do co-padroeiro, São João Paulo II.

DESEJO À VOCÊ


Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém