Páginas

MENU

Menu Deslizante

PAI NOSSO

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME, VEM A NÓS O VOSSO REINO, SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU. O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAÍ HOJE, PERDOAI-NOS AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO, NÃO NOS DEIXEI CAIR EM TENTAÇÃO MAS LIVRAI-NOS DO MAL. AMÉM.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

CONFIANÇA OBSTINADA

Meditação IIPodem-se pôr limites ao que é infinito? Pois não é infinita a misericórdia Divina, não é um Oceano Infinito de Misericórdia? Se o Senhor é infinitamente justo, é também infinitamente Misericordioso. E, neste mundo, vivemos no tempo da Misericórdia.

Abri o Evangelho. Tudo ali vos inspira confiança e enche o coração. Por que duvidar, se empenhamos da nossa parte todos os nossos esforços, por que desconfiar de um Pai tão bom e poderoso?

Nosso Senhor é o Pai do filho pródigo, e o Bom Pastor. Por que nos deixou Ele, no Evangelho, parábolas tão belas, tão comovedoras?

Não foi para a manifestação da Sua bondade infinita? Ah! não compreendo as almas que têm medo de Deus! Como é doloroso e triste ao coração de um pai estender ao filho os braços cheios de ternura e se ver repelido! É preciso que confiemos. A medida da confiança é confiar sem medida.

A confiança, somente ela nos leva ao Amor! O temor leva à justiça severa, tal como a representam os pecadores. Mas não é essa justiça que Jesus terá para com os que O amam – obstinação de Satã, oporemos a obstinação de nossa confiança. E seremos salvos!

Meus Jesus, ajudai-me a vencer-me, e dai-me confiança obstinada que arrebatava o vosso Coração!

Trecho retirado do livro: O Breviário da Confiança

Fonte: Prof.: Felipe Aquino

COMO SURGIRAM OS SÍMBOLOS DA FÉ?

santissima trindadeOs símbolos da fé remontam a Jesus, que exortou os discípulos a batizar. Estes deveriam, então, confirmar se as pessoas confessavam uma determinada fé, nomeadamente no Pai, no Filho e no Espírito Santo (Trindade). [188-191]

A célula primitiva de todos os símbolos posteriores é a “confissão do Senhor Jesus” e o Seu encargo missionário, isto é, <<Ide, fazei discípulos de todas as nações; batizai-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo!>> (Mt 28,19) Todos os símbolos da fé da Igreja são desdobramentos da fé neste Deus trino. Cada um deles começa com a confissão do Pai, Criador e sustendo do mundo, referem-se depois ao Filho, através do qual o mundo e nós mesmos encontramos a redenção, e desembocam na confissão do Espírito Santo, que é a presença e Deus na Igreja e no mundo.

Fonte: YOUCAT

Fonte: Editora Cléofas

O AMOR DE DEUS É GARANTIDO PARA SEMPRE!

Afirmação:

"O amor de Deus é garantido para sempre!
Eu sou uma cidade fortificada ... uma luz sobre a colina e nada pode de modo algum prejudicar-me.
Ó Senhor, vós sois meu Pai, sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação!’

A PALAVRA DE DEUS É O NOSSO ALIMENTO

D. António Couto, bispo de Lamego e uma referência no panorama bíblico português, volta a editar uma obra que ajuda a compreender o Evangelho

d. antonio couto

D. António Couto, bispo de Lamego e uma referência no panorama bíblico português, volta a editar, com a chancela da PAULUS Editora, uma obra que ajuda a compreender o Evangelho, neste caso de S. Marcos, e que permite entender de forma mais profunda os diferentes excertos do Evangelho que compõem as leituras dominicais deste ano litúrgico. O autor já tinha publicado livros semelhantes, dedicados ao evangelista Mateus. Obras que pretendem ajudar na compreensão dos textos bíblicos, «o alimento normal» de cada cristão, mas que, infelizmente, parece estar «fechado para a maioria dos cristãos».

A IMPORTÂNCIA DA AÇÃO DE GRAÇAS APÓS A COMUNHÃO

A Igreja nos ensina que após receber a Sagrada Hóstia, Presença real de Jesus: corpo, sangue, alma e divindade; Ele está substancialmente presente em nós até que nosso organismo consuma as espécies do trigo; isto pode levar cerca de 15 minutos. Depois disso, Jesus passa a estar em nossa alma pela ação do Espírito Santo e de Sua graça.

O grande São Pedro Julião Eymard, em seu livro FLORES DA EUCARISTIA (Ed. Palavra Viva, Sede Santos!, Distribuidora Loyola, pgs 131-135), nos ensina a importância da Ação de Graças. Transcrevo aqui alguns de seus ensinamentos para a sua meditação:
“O momento mais solene de vossa vida é o da Ação de Graças, em que possuis o Rei da Terra de do Céu, vosso Salvador e Juiz, disposto a vos conceder tudo o que Lhe pedirdes”.

NO CÉU, RECONHECEREMOS NOSSOS PARENTES?

No Céu, ainda viveremos com nossos parentes, assim como Nosso Senhor ainda é, e será eternamente, Filho da Virgem Santíssima

Há pessoas que desejariam saber o que acontece à família no Céu,

Isto é, se Deus ali a recompõe, e se a esperança de possuir seus parentes na pátria celeste é uma consolação de que se possa gozar sem receio, sem escrúpulo e sem imperfeição.

Deus coroou de glória e honra a família cristã, e faz brilhar em sua fronte o reflexo dos três principais mistérios da nossa religião.

Vede por onde ela começa: – Por um Sacramento que é o sinal sagrado da união do Verbo de Deus com a natureza humana, da união de Jesus Cristo com a sua Igreja, e da união do mesmo Deus com a alma justa.

PPA FRANCISCO PEDE: NUNCA SE ESQUECER DO MOMENTO EM QUE VOCÊ SE ENCONTROU COM JESUS

"Nós nos esquecemos do encontro com Jesus. Seria um bom dever de casa pensar nisso: Quando senti realmente a necessidade de ter o Senhor perto de mim?"

O Papa Francisco pediu hoje que cada um de nós se recorde do seu primeiro encontro com Jesus, trazendo aquele momento para o coração de modo que preencha de amor a nossa vida.
Na homilia de hoje em Santa Marta, o Papa Francisco disse que foi "'um encontro' foi o modo escolhido por Jesus para mudar a vida dos outros". Aquele com Paulo de Tarso, perseguidor anticristão que quando chegou a Damasco já era um Apóstolo, foi emblemático.

IMPRESSIONANTE o relato deste Padre!

Veja o que aconteceu enquanto ele fazia a Consagração da Hóstia


A Sagrada Eucaristia é Deus inteiro, vivo e imortal, oculto sob as espécies do pão e do vinho. Quando se aproxima da Eucaristia, deve-se lembrar que é de Deus que se está aproximando.
Acontecimento pouco comum se deu comigo ao celebrar a missa na paróquia de Santa Maria (Old St. Mary, em Washington).
Era uma missa solene e, excepcionalmente, foi celebrada em latim.
Não era um dia muito diferente da maioria dos domingos, mas algo muito impressionante estava prestes a acontecer.

quarta-feira, 29 de abril de 2015

MEDITAÇÃO 1º SÁBADO DE MAIO DE 2015

Ascenção
Ascensão de Nosso Senhor

Introdução:
Vamos dar início à meditação reparadora dos primeiros sábados, que nos foi indicada por Nossa Senhora, quando apareceu em Fátima em 1917. Pedia Ela que comungássemos, rezássemos um terço, fizéssemos meditação dos mistérios do Rosário e confessássemos em reparação ao seu Sapiencial e Imaculado Coração. Para os que praticassem esta devoção, Ela prometia graças especiais de salvação eterna.
A incontestável vitória de Cristo, com a sua ressurreição, ficou ainda mais patente na sua gloriosa Ascensão; acontecimento grandioso que, dentro de alguns dias, será celebrado pela Santa Igreja em todo mundo cristão.

MENSAGENS DE NOSSA SENHORA em 25/04/2015

Medjugorje – Mensagem a Marija Pavlovic

Medjugorje10“Queridos filhos!

Eu estou com vocês hoje para levá-lo à salvação. Suas almas estão inquietas porque o espírito está fraco e cansado de todas as coisas terrenas. Vocês filhinhos, rezem ao Espírito Santo, para transformá-los e preenchê-los com a sua força de fé e esperança, para serem firmes nesta luta contra o mal. Eu estou com vocês e intercedo por vocês diante de meu Filho Jesus.

Obrigado por terem respondido ao meu chamado. “

Fonte: Salve Maria Imaculada!

NOVENA A SÃO JOSÉ OPÉRÁRIO

Para quem está desempregado ou sofre no local de trabalho

Uma das orações mais lindas (e mais eficazes) para pedir a graça de encontrar um trabalho é a Novena de São José Operário. Normalmente ela acontece de 22 a 30 de abril, em preparação à festividade do santo, celebrada dia 1° de maio, mas se pode rezar sempre, especialmente no momento de necessidade.

Quem pode rezar?
Todos, mas é especialmente indicada para quem vive o drama do desemprego ou sofre injustiça no local de trabalho. É possível rezá-la para si, para os amigos ou parentes.

Por que a São José?
São José é o padroeiro dos pais de família, dos carpinteiros, dos moribundos, além de todos os trabalhadores. Na figura silenciosa e fiel de São José “se reconhece a dignidade do trabalho humano, como dever e perfeição do homem, exercício benéfico do seu domínio sobre a criação, serviço à comunidade, prolongamento da obra do Criador, contribuição ao plano de salvação” (cfr. Concílio Vaticano II, Gaudium et spes, 34). Pio XII (1955) instituiu esta memória litúrgica no contexto da festa dos trabalhadores, universalmente celebrada no dia 1° de maio.

NOSSO SENHOR ENSINOU TODA A HUMANIDADE A REZAR COM PERFEIÇÃO…

Eis o que Ele ensinou:

Nosso Senhor ensina os discípulos a rezar - a Oração do Pai-Nosso é uma perfeita lição de como se deve rezar corretamente.

São Paulo, ao escrever a seu discípulo Tito, assim se expressou sobre a vinda do Salvador:

Apareceu a benignidade e a humanidade de Deus Nosso Senhor” (Tit. 3, 4).

Nosso Senhor não deixou transparecer claramente a sua benignidade divina durante a sua vida humilde na casa de Nazaré.

Mas, quando iniciou sua vida pública na qualidade de Mestre e Salvador, de toda a sua figura humana irradiava a bondade do seu coração, transmitindo-se aos homens.

A SANTA MISSA TEM POR SACERDOTE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

O Sacrifício da Santa Missa é o mesmo da Cruz; e o Sacerdote é o próprio Cordeiro Imaculado, Nosso Senhor Jesus Cristo, na pessoa do sacerdote.

Depois de dizer que o Sacrifico da Missa é o mesmo Sacrifício da Cruz,

E não uma cópia, era de imaginar que não se poderia encontrar prerrogativa melhor. O que o torna, entretanto, mais sublime é o fato de ter como sacerdote o próprio Deus feito homem.

A MELHOR A MIZADE É AQUELA QUE É SANTA…

Descubra o que é uma Santa Amizade:

São Paulo e São Timóteo são somente um exemplo do que é de fato uma Santa Amizade, a única de devemos buscar;

Não consiste a perfeição em ter nenhuma amizade, mas só as boas e santas.

Outro meio que nos pode ajudar e estimular à prática da virtude são as boas amizades.

São belas e admiráveis as páginas que São Francisco de Sales escreveu sobre a amizade no seu livro de ouro, Introdução à vida devota; delas vamos resumir o que conceituamos mais importante e proveitoso nesta matéria.

CRISTO VIVE EM MIM

Cristo vive em mim.

Vivo nesta verdade e deixo-me transformar de acordo com a Sua Vontade.

Eu ouço Suas palavras e as observo.

Cristo vive em mim.

Amém!

NOVENA DO TRABALHO S SÃO JOSEMARIA ESCRIVÁ

josemaria-escriva-81º dia – Trabalho, caminho de santidade

Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá

Viemos chamar de novo a atenção para o exemplo de Jesus que, durante trinta anos, permaneceu em Nazaré trabalhando, desempenhando um ofício. Nas mãos de Jesus, o trabalho, e um trabalho profissional semelhante àquele que desenvolvem milhões de homens no mundo, converte-se em tarefa divina, em trabalho redentor, em caminho de salvação (Questões atuais do Cristianismo, n. 55).

Aí onde estão os nossos irmãos, os homens, aí onde estão as nossas aspirações, o nosso trabalho, os nossos amores, aí está o lugar do nosso encontro cotidiano com Cristo. Deus nos espera cada dia: no laboratório, na sala de operações de um hospital, no quartel, na cátedra universitária, na fábrica, na oficina, no campo, no seio do lar e em todo o imenso panorama do trabalho (Homilia: Amar o mundo apaixonadamente).

A PALAVRA DE DEUS SE CONFIRMA EM MINHA VIDA

 

Afirmação do dia:

A Palavra Viva de Deus se confirma em minha vida.Observo os sinais e confiantemente caminho sob a poderosa mão de Deus.

terça-feira, 28 de abril de 2015

O MANTRA NA MEDITAÇÃO CRISTÃ

bibliaurlTenho recebido e-mails de algumas pessoas perguntando se podem usar o mantra na oração, na igreja, etc. Atendendo a esse pedido publicamos a seguir uma síntese do artigo de D. Estevão Bettencourt sobre o assunto veiculado na Revista “Pergunte e Responderemos” (Nº 408 – Ano : 1996 – pág. 209).

A propósito recomendamos que se leia o documento “Carta sobre a meditação cristã”, de 15/10/1989, da Sagrada Congregação da Fé. Em vista da tendência de alguns mestres cristãos a adotar métodos e concepções hinduístas de oração, esta Congregação do Vaticano publicou a Carta citada onde analisa a oração cristã em confronto com a oração hinduísta, mostrando as diferenças existentes entre uma e outra. Este documento enfoca: A Oração Cristã à Luz da revelação (nºs. 1-3); Maneiras errôneas de rezar (nºs. 8-12); A Via Cristã para a união com Deus (nºs 13-15); Questões de Método (nºs 16-25); Métodos Psicofísicos e Corporais (nºs 26-28); “Eu sou o Caminho” (nºs 29-31).

Uma vez que esta Carta está disponível no site do Vaticano (www.vatican.va) somente em alemão, apresentamos, no capítulo seguinte, uma síntese mesma publicado na revista PR 392/1995 por D. E. Bettencourt.

QUANDO SE PODE FAZER A CONFISSÃO COMUNITÁRIA?

confmaxresdefaultInfelizmente tem havido abuso no emprego da Confissão Comunitária, e esta tem sido empregada fora das normas da Igreja.

No dia 07 de novembro de 2006, o Papa Bento XVI falou da Confissão Comunitária e pediu aos sacerdotes para observar rigorosamente as normas da Igreja sobre o sacramento da Penitência, em particular as que afetam à absolvição coletiva.
Ao constatar «a crise do sacramento da Reconciliação» o Papa convidou os Bispos da Suíça, em visita “ad limina apostolorum” «a relançar em vossas dioceses uma pastoral penitencial que estimule a confissão individual».
O Papa disse: «Pedi a vossos sacerdotes que sejam confessores assíduos, oferecendo generosamente aos fiéis horários apropriados para a Confissão pessoal; estimulai-os para que eles mesmos se aproximem com frequência deste sacramento».

“EU NÃO ESTOU LONGE; APENAS ESTOU DO OUTRO LADO DO CAMINHO”

Looking to the sky

O amor não desaparece jamais.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.
Me deem o nome que vocês sempre me deram,
falem comigo como vocês sempre fizeram.
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas,
eu estou vivendo no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene ou triste.
Continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.
A vida significa tudo o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Eu não estou longe,
Apenas estou do outro lado do Caminho...
Santo Agostinho

Fonte: ALETEIA

FOLHO NÃO É DOENÇA

Por ventura é doença para a árvore o fruto sorrindo entre as folhas?

Para apresentar “os frutos da natividade”, fez o Criador a mulher, uniu-a ao homem no casamento e presta seu concurso para dar uma alma ao corpo que ambos formaram.Por isso também, em geral, encontra a mulher sua saúde nas funções da maternidade.

Objeção contra o argumento a favor dos filhos é a fadiga, as doenças que os filhos trazem às mães. Mas isso é uma idéia absolutamente falsa. O prazer é quase sempre um empréstimo com juros elevados. Ao lado da maternidade colocou a natureza, porém, ótimas vantagens para a saúde e longevidade. A fecundidade e a gravidez fortificam, ao passo que a esterilidade mirra o organismo. Parece moça a mãe de vários filhos ao lado da esposa cautelosa que sacrificou alguns anos somente ao prazer das relações.” (Dr.Bergeret)

O afamado Dr. Pinard afirma que somente com o terceiro filho encontra a mulher a plenitude de sua saúde. Três verdades ficam estabelecidas por célebre ginecologista (Dr.Desplat):

VERDADEIRA DEVOÇÃO

A glória que devemos buscar

ANUNCIACAO

Anunciação do Anjo a Nossa Senhora

Estudando o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, de São Luis Maria Grignion de Montfort, o leitor se divisará, entre muitas, uma grande verdade: a virtude que Deus mais ama é a humildade¹. Pois outro não é o desejo da Divina Majestade, que saibamos reconhecer o nosso próprio nada e o nada das coisas terrenas, e vivermos em conformidade com esta convicção², reconhecendo nossa dependência do Criador.

A tal ponto Deus ama a humildade que está escrito a respeito do Verbo Encarnado: “aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens. E, sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz” (Fl 1, 7-8).

A “LOUCURA” DA CRUZ–Parte III

Continuação do post: A “Loucura” da Cruz - Parte II

Vede: a Cruz,
Que aos olhos do século parece não ser mais que um símbolo de tristeza, é, entretanto, a obra prima da alegria; e, portanto, a maior das felicidades humanas é essa loucura de que nos fala São Paulo.
O século sempre entendeu esta loucura erradamente, servindo-se dela para zombar da fé, caluniar o cristão e apresentá-lo como o refugo da natureza humana, cuja ciência consiste em bestializar a inteligência, obliterar o sentimento e atrofiar o coração.
Nunca foi esta a doutrina da Igreja, que, bem longe de assim entendê-lo, quando, no século 17, homens saídos de seu seio, mal interpretando as palavras do Apóstolo, fizeram uma guerra encarniçada à ordem natural, à razão humana, ao desenvolvimento da inteligência e às necessidades legítimas do coração, condenou essa doutrina –o Jansenismo – e reprovou a sua moral.

CRISTO É FONTE DE ALEGRIA

 

Afirmação do dia:

Meu coração canta louvores ao Senhor.
Deus é minha segurança.
Cristo, que vive em mim, é a fonte da Alegria!

segunda-feira, 27 de abril de 2015

A “LOUCURA” DA CRUZ–Parte II

Continuação do post: A “Loucura” da Cruz - Parte I

Onde, porém, perguntareis, colocar a alegria numa vida como a de Jesus Cristo?
Onde ver a alegria naquela Cruz?! Pois a Paixão do Homem-Deus não foi o sumo da dor, e por consequência exclusão de toda alegria?!
Sim; a Paixão de Jesus Cristo foi uma dor real, completa e tão vasta que abrangeu toda a Sua vida, desde o primeiro vagido do Presépio até ao derradeiro gemido do Calvário.
É só aparentemente que se distinguem o berço do menino Deus e a Cruz do Varão de dores; na realidade se confundem a manjedoura de Belém e o monte Calvário.
Para o menino, pela ciência completa de Sua alma e o pleno uso de Sua razão, a previsão de Seus opróbrios e ignomínias, de Seus sofrimentos e de Sua morte era já uma paixão substancial.

VIDA

Afirmação do dia:

Em Cristo eu recebo a Vida.
Em Cristo eu tenho Vida em abundância.

domingo, 26 de abril de 2015

A “LOUCURA” DA CRUZ–Parte I


Verdadeiramente, nós somos loucos, mas loucos de amor por Jesus Cristo.
A obra prima da alegria é a Cruz de Jesus Cristo. Esta cruz, que aos olhos do século parece não ser mais que o símbolo da tristeza, do sofrimento e da dor, é, na realidade, o requinte da ventura;
E essa loucura de que fala o apóstolo São Paulo, a do cristão que procura assemelhar-se a Jesus Cristo e por Seu amor se torna como que louco, essa loucura é verdadeiramente o supremo arroubo da felicidade.
Sei, o século não entende assim: um Deus flagelado, ferido, ensanguentado, crucificado, morto, parece-lhe um símbolo absurdo.

A SANTIDADE ESTÁ AO ALCANCE DE TODOS…

Só precisa de uma coisa, sabe o quê?

Esta foto de uma missionária na Somália mostra como a boa vontade de praticar a verdadeira Caridade santifica a alma...

Para se santificar a alma só tem necessidade de boa vontade.

Guardá-la intacta e devolvê-la sem cessar, tal deve ser o fim constante e único de sua vida. “A boa vontade, dizia Santo Alberto Magno, supre tudo, está acima de tudo”.

A boa vontade entrega o homem inteiro a Deus, por um ato muito simples de amor; abandona o passado à sua misericórdia; confia o futuro à sua bondade; e só reserva para si o presente para santificá-lo.

A boa vontade é uma orientação, em tudo, do homem para Deus, uma coordenação de todas suas faculdades para ele, uma restauração da harmonia entre a criatura e o Criador, uma volta amorosa do filho para seu Pai celeste.

PAPA FRANCISCO: A PALAVRA DE DEUS INCOMODA O CORAÇÃO DOS PAGÃOS

"A verdadeira história da Igreja é a história dos santos e dos mártires: perseguidos e mortos por aqueles que acreditavam possuir ‘a verdade’. Coração corrupto, mas ‘a verdade’”

O Papa Francisco afirmou que os cristãos continuam a ser perseguidos hoje porque a Palavra de Deus incomoda o coração dos pagãos.
Em sua homilia hoje na Casa Santa Marta, o Papa comentou a passagem evangélica que mostra o julgamento de Estevão e o seu apedrejamento.
Os mártires – afirmou o Papa – não precisam de “outros pães”, o único pão é Jesus. E destacou que Estevão “não precisava negociar e assumir compromissos”.
O seu testemunho era tão forte que os seus delatores “não conseguiam resistir à sabedoria” e ao espírito “com o qual ele falava”. Assim como Jesus, também Estevão teve de enfrentar testemunhas falsas e a rebelião do povo que o julgava.

A SUA CONFIANÇA EM DEUS PRECISA TER BASES FORTES, INABALÁVEIS… QUAIS?– Parte I II


Nosso Senhor atende às súplicas da cananeia cuja filha estava doente; a divina bondade de Nosso Senhor deve nos inspirar Confiança.


A verdade é que Nosso Senhor é adoravelmente bom;
Seu Coração não pode ver sofrer, nem sangrar. Essa piedade O faz operar alguns dos seus maiores milagres espontaneamente, antes mesmo de ter recebido qualquer súplica.
A multidão segue-O através das montanhas desertas da Palestina; durante três dias, esquece-se, para ouvi-Lo, da necessidade de comer e de beber.
Chama, porém, o Mestre dos Apóstolos: “Vede essa pobre gente, diz-lhes, não os posso despedir assim: cairiam de inanição em caminho. Tenho pena dessa multidão”. E multiplica os poucos pães que restavam aos discípulos.
Outra vez, dirige-Se Ele à pequena cidade de Naim, escoltado por uma turba bem numerosa. Quase ao chegar às portas, encontra um cortejo fúnebre. Era um jovem que levavam para a última morada: filho único de pobre mãe viúva.

26 de Abril dia de NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO

Nossa Senhora do Bom Conselho - Arautos do Evangelho

Envolta numa luminosa nuvem, a imagem da Mãe do Bom Conselho translada-se da Albânia
para a cidade de Genazzano (Itália), dando início a um ininterrupto
desfilar de milagres e graças.

Nas longínquas terras da Albânia, para além do Mar Adriático, encontra-se a pequenina cidade de Scútari. Edificada em um a colina escarpada e tendo a seus pés os rios Drina e Bojana, ela continha em seus domínios, já no século XIII, um precioso tesouro : a bela imagem de "Santa Maria de Scútari". O Santuário que a abrigava se transformara no centro de peregrinação mais concorrido do país, e era para os albaneses um importante ponto de referência em matéria de graças e conforto espiritual.

Trata-se de uma pintura sobre fina camada de reboco, medindo 31 cm de largura por 42,5 cm de altura. Esse sagrado afresco está envolto numa penumbra de mistério e milagre: ignora-se quando e por quem foi pintado.

sábado, 25 de abril de 2015

MEU CORAÇÃO ESTÁ CONFIANTE!

Quanto mais eu confio e espero em Deus mais graças divinas são derramadas sobre mim e minha vida.

Meu coração está confiante!

Fonte: Ave Luz

O PODER DO BATISMO: Um bebê agonizante volta à vida

O fato milagroso aconteceu no Chile

Era 1957 e um surto de gripe estava acabando com a vida de centenas de pessoas no Chile. Em Valdivia, a família Eschemann Melero tomou as precauções necessárias para evitar que suas duas filhas pequenas corressem riscos. Mas Maria Soledad, que tinha apenas 45 dias de vida, começou a preocupar sua mãe quando deixou de mamar.
Depois de 57 anos, é a própria Maria quem narra, no jornal Portaluz, o que sua família lhe contou sobre aqueles dias nos quais a doença, a morte e a graça sacramental confluiriam para um fato extraordinário que marcaria para sempre, nela e em sua família, a certeza de que Deus existe e nos ama.

“ O SACRIFÍCIO DA SANTA MISSA É O MESMO QUE O SACRIFÍCIO DA CRUZ ”

O Sacrifício da Santa Missa é o mesmo que o da Cruz, por isso é tão importante assisti-lo com todo o respeito e modéstia, com vestes adequadas e sem irreverências.

O Sacrifício da Santa Missa é o mesmo que o sacrifício da Cruz

A Santa Missa é um sacrifício tão santo, o mais augusto e excelente de todos, e a fim de formardes uma idéia adequada de tão grande tesouro, algumas de suas excelências divinas; pois dize-las todas não é empreendimento a que baste a fraqueza da minha inteligência.

A principal excelência do santo Sacrifício da Missa consiste em que se deve considerá-lo como essencialmente o mesmo oferecido no Calvário sobre a Cruz, com esta única diferença: que o sacrifício da Cruz foi sangrento e só se realizou uma vez e que nessa única oblação Jesus Cristo satisfez plenamente por todos os pecados do Mundo;

sexta-feira, 24 de abril de 2015

É MISTER SOFRER TUDO PARA AGRADAR A DEUS

Caritas patiens est… omnia suffert… omnia sustinet — “A caridade é paciente… tudo sofre… tudo suporta” (1 Cor. 13, 4).

Sumário. Para se tornarem agradáveis a Deus, os santos desapossaram-se de seus bens, renunciaram às mais altas dignidades da terra e acolheram como tesouros as enfermidades, as perseguições, e despojamento de tudo, e a morte mais dolorosa e triste. E que fazemos nós para um fim tão sublime? Ó miséria! Recusamo-nos até a sofrer com paciência um leve incômodo, uma pequena contrariedade, um desprezo, uma palavra mordaz. Quão diferentes dos santos somos nós!

I. A maior preocupação, para não dizer única, dos santos foi: desejarem com todo o afeto sofrer por amor de Deus todo o trabalho, todo o desprezo e toda a dor a fim de tornarem-se desta sorte agradáveis ao Coração divino que tanto merece ser amado e tanto nos ama. — Com efeito, toda a perfeição e todo o amor de uma alma para com Deus consiste em sempre procurar o agrado de Deus e fazer o que mais Lhe agrada. Ó feliz de quem sempre pudesse dizer com Jesus Cristo: Ego quae placita sunt ei facio semper (1) — “Eu faço sempre o que Lhe agrada.

DEUS ILUMINA A MINHA VIDA!

Quando eu chamo, Deus me responde.

Estou atenta ao que Ele diz e sua Palavra alivia-me nos momentos de aflição.

Como o Sol nascente que dissipa as trevas assim também a Presença de Deus ilumina a minha vida.

Fonte: Ave Luz

DÁDIVAS QUE SÃO DOMINGOS RECEBEU POR REZAR O SANTO ROSÁRIO!

São Domingos recebe o Rosário de Nossa Senhora, e deste dia em dia diante esta foi a maior arma e o maior meio de alcançar graças de todo católico.
São Domingos, iluminado pelo Espírito Santo e instruído pela Santíssima Virgem,
Bem como por suas próprias experiências, pregou o Santo Rosário até o fim de sua vida. Ele o pregou por seu exemplo, bem como, em seus sermões, nas cidades e nos lugarejos, diante de grandes e pequenos, diante de sábios e ignorantes, a católicos e a hereges.
O Santo Rosário que ele rezava diariamente era sua preparação para cada sermão e sua ação de graças junto a Nossa Senhora imediatamente após as suas pregações.
Um dia ele tinha que pregar na Catedral Notre Dame de Paris, e era o dia da desta de São João Evangelista.
Ele se encontrava numa pequena capela, atrás do altar mór, preparando-se em oração para seu sermão como era de costume, quando Nossa Senhora apareceu a ele e disse: “Domingos, mesmo que o que você preparou para pregar seja muito bom, estou lhe dando um sermão muito melhor.”
São Domingos pegou em suas mãos o livro que Nossa Senhora mencionou, leu o sermão cuidadosamente e quando o compreendeu e nele meditou, deu graças a Santíssima Mãe.
Quando chegou a hora, ele subiu ao público e, apesar de se tratar de dia de festa, não fez menção de São João a não ser quando falou que ele fora digno de ser guardião da Rainha dos Céus.
A assembleia era composta de teólogos e outras pessoas eminentes que estavam habituadas a ouvir discursos sábios e elegantes; mas São Domingos lhes disse que não era o seu desejo dirigir-lhes palavras cultas, sábias aos olhos humanos, mas que falaria na simplicidade do Espírito Santo e na Sua Virtude.

MILIONÁRIO ATRIBUIU SEU SUCESSO A NOSSA SENORA DE LOURDES

O Padre Nicola Ventriglia Omi, mostra fotos de Michele Ferrero no Santuário de Lourdes

O Padre Nicola Ventriglia Omi, mostra fotos de Michele Ferrero no Santuário de Lourdes

No dia de São Valentim, faleceu o mais bem-sucedido empresário de doces e bombons da Itália.
Nascido em 1924, Michele Ferrero possuía uma fortuna calculada em 20,5 bilhões de euros, a maior do país e a quarta da Europa.
Embora megamilionário, Ferrero era muito diferente do “jet-set”: um ativo devoto de Nossa Senhora de Lourdes, a quem atribuía a vertiginosa ascensão de sua empresa, segundo a
  Fundação Cari Filii.
Esse filho de chocolateiros da pequena cidade de Alba não se fez rico com malabarismos ou manobras confusas. Ele continuou com a tradição familiar, aplicando muito trabalho e inteligência, mas depositando suas esperanças em Nossa Senhora.
Em 1964, melhorando uma fórmula de seu pai, Ferrero criou Nutella. Lançou também o ovo de chocolate Kinder e as linhas Ferrero Rocher e Mon Cheri.
Sua empresa vendia o equivalente a oito bilhões de euros por ano, sendo superada somente pela Nestlé, que possui um leque muito mais vasto de produtos, no setor dos doces.

NOSSO SENHOR REZOU…

rezou MUITO, e nos ensinou pelo exemplo.

Orar foi o que Nosso Senhor mais fez na terra; devemos imitá-lo e orar em todos os momentos, para todos os fins, oferecendo tudo a Ele.

O Evangelista acentua claramente a atitude de Nosso Senhor, que veio para nos salvar. “Jesus começou a fazer e ensinar” (At. 1, 2).

Antes de pregar e ensinar a prática da virtude, revelou quanto ela é possível e fácil com o seu exemplo. Assim também, antes de dizer: “É preciso rezar sempre e não cessar de rezar”, ele próprio rezava. Vejamos como o Evangelho nos apresenta Jesus em oração.

Seu primeiro ato foi rezar

Aparecendo aqui no mundo, iniciando a sua vida mortal de Salvador dos homens, começou rezando. Não é esta uma afirmação gratuita. São Paulo na sua Epístola aos Hebreus afirma-o categoricamente.

PAPA ORDENA 19 SACERDOTES NO PRÓXIMO DOMINGO

Papa ordenando sacerdote na Basílica de São Pedro

Cidade do Vaticano – O Papa Francisco ordenará, na Basílica de São Pedro, no próximo domingo (26/04), 52° Dia Mundial de Oração pelas Vocações, dezenove sacerdotes para a Diocese de Roma.

Treze deles foram formados nos seminários dessa diocese, 9 são do Colégio Diocesano Missionário “Redemptoris Mater”, 3 do Pontifício Seminário Romano Maior e 1 do Seminário Nossa Senhora do Divino Amor.

Concelebrarão com o pontífice o vigário-geral do Papa para a Diocese de Roma, Cardeal Agostino Vallini, o vice-gerente dessa diocese, Dom Filippo Iannone, os cinco bispos auxiliares de Roma, os superiores dos seminários envolvidos e os párocos dos ordenandos.

Na próxima sexta-feira (24/04), às 20h45 locais, na Basílica de São João de Latrão, será realizada a vigília de oração para as vocações com a catequese de Pe. Fábio Rosini, diretor do Serviço para as vocações da Diocese de Roma.

A Rádio Vaticano vai transmitir a celebração, com comentários em português, a partir das 4h25 no horário de Brasília.

Fonte: Rádio Vaticano

Fonte: Católicos Online

A SUA CONFIANÇA EM DEUS PRECISA TER BASES FORTES, INABALÁVEIS… QUAIS?– Parte I I


Nosso Senhor ressuscita Lázaro; o Seu infinito poder é uma grande razão para termos Confiança;

O Verbo Encarnado, que a nós Se deu, possui um poder sem limites.
Aparece no Evangelho como supremos Senhor da terra, dos demônios e da vida sobrenatural; tudo está submetido ao seu domínio soberano.
Existe ainda nesse poder do Salvador outro motivo seguríssimo de confiança. Nada pode impedir Nosso Senhor de socorrer-nos e proteger-nos.

AQUI ESTÁ O CAMINHO MAIS DOCE, AMENO, SEGURO, EM UMA PALAVRA, PERFEITO, PARA O CÉU. - Parte II

Nossa Senhora é verdadeiramente a "Porta do Céu", pois é por Ela se alcança com maior segurança, e maior certeza, o Paraíso.


Maria preserva os seus servos das tentações; ou, ao menos, ajuda a vencê-las.
Graças à sua terna devoção à Santíssima Virgem, o bem-aventurado de Montfort passa o período da juventude, tão funesto a tantos outros, sem conhecer sequer o que é uma tentação contra a bela virtude da pureza.
O caminho de Maria é um caminho doce e fácil, em que a gente corre, porque tem-se o coração dilatado pela alegria das consolações celestes.

O QUE FAZER QUANDO UMA CRIANÇA CHORA NA MISSA?

Dicas práticas para os pais – e até conselhos do Papa Francisco

O que fazer quando uma criança começa a chorar na missa? É preciso sentar-se lá no fundo da igreja? Os pais devem ir à missa separadamente enquanto os filhos são pequenos? Alguém sabe onde fica o botão "off" em um bebê que berra no meio da consagração?

"As crianças precisam ser crianças, mas às vezes parece que não queremos que elas o sejam", afirma o pároco da igreja de Santo Emílio, de Madri. É comum ouvir esse padre dizer aos pais que ficam nervosos quando seus filhos fazem barulho na igreja: "Não se preocupem: Deus fica muito contente com a presença das crianças aqui!".

COMO É O OLHAR DE DEUS?

Ele conhece cada canto da minha vulnerabilidade, atravessa minha humanidade, vê minha alma

mirada

Creio no olhar de Deus,
olhar que inunda meu coração de amor,
que me enche de entusiasmo e esperança.
Creio no olhar de Deus,
esse que me motiva a sair de mim mesmo,
a crescer, a dar o melhor de mim.
Um olhar que me convida a doar-me aos outros,
sem mesquinhez e de todo coração.
Creio no olhar de Deus,
que me enche de alegria e me faz sorrir,
que me dá paz e me convida a levantar-me,
sacudir a poeira e continuar caminhando.
Creio no olhar de Deus,
que atravessa minha humanidade,
que vê minha alma
e conhece cada canto
da minha vulnerabilidade.
Creio no olhar de Deus,
esse transparente,
que me deixa sereno
e me faz reconhecer-me
como filho...
Um filho nos braços do Pai.

Fonte: Oleada Joven

LIMITES: EDUCAMOS OU CENSURAMOS NOSSOS FILHOS?

O olhar dos pais é o grande ansiolítico que as farmácias não vendem

A Rádio Maria entrevistou o Dr. Enrique Orchansky, pediatra, doutor em Medicina e Cirurgia e docente da cátedra de Clínica Pediátrica da Universidade Nacional de Córdoba. Dessa vez, o médico falou sobre os limites e sobre quando e como colocá-los.
Segundo o Dr. Enrique, o que os pais mais perguntam ao pediatra é como começar a colocar limites. Atualmente, as crianças estão desafiando hierarquias e a relação pais-filhos se tornou mais horizontal.
"As crianças estão desafiando hierarquias porque os pais deixaram sua autoridade de lado. Os filhos falam com eles como com um amigo, com desafios e às vezes insolência", comentou o pediatra.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

SÃO JORGE É SANTO MESMO?

Recebi um  email de uma pessoa me perguntando:

“São Jorge, qual a verdadeira história dele, é um santo mesmo? Da Igreja Católica ou de macumba? Nunca me senti bem em relação a ele, pois já vi sua imagem em lugares nada cristãos… Poderia me esclarecer por favor?”

A Igreja não tem dúvida de que São Jorge existiu e é Santo; tanto assim que sua memória é celebrada no Calendário litúrgico no dia 23 de abril. São Jorge foi mártir; a Igreja possui os “Atos do seu martírio” e  sua “Paixão”, que foi considerada apócrifa pelo Decreto Gelasiano do século VI. Mas não se pode negar de maneira simplista uma tradição tão universal como veremos: a Igreja do Oriente o chama de “grande mártir” e todos os calendários cristãos incluíram-no no elenco dos seus santos.

São Jorge é considerado um dos “oito santos auxiliadores” (8 de agosto). Já no século IV o grande imperador romano Constantino, que se converteu ao cristianismo em 313, construiu uma igreja em sua honra. No século V já havia cerca de 40 igrejas em sua honra no Egito. Em toda a Europa multiplicaram as suas igrejas. Em 1222, o Concílio Regional de Oxford na Inglaterra estabeleceu uma festa em sua honra, e nos primeiros anos do século XV, o arcebispo de Cantuária na Inglaterra ordenou que esta festa fosse celebrada com tanta celebridade como o Natal. No ano de 1330, o rei católico Eduardo III da Inglaterra já tinha fundado a Ordem dos Cavaleiros de São Jorge.

SÃO JORGE É SANTO MESMO?

Recebi um  email de uma pessoa me perguntando:

“São Jorge, qual a verdadeira história dele, é um santo mesmo? Da Igreja Católica ou de macumba? Nunca me senti bem em relação a ele, pois já vi sua imagem em lugares nada cristãos… Poderia me esclarecer por favor?”

A Igreja não tem dúvida de que São Jorge existiu e é Santo; tanto assim que sua memória é celebrada no Calendário litúrgico no dia 23 de abril. São Jorge foi mártir; a Igreja possui os “Atos do seu martírio” e  sua “Paixão”, que foi considerada apócrifa pelo Decreto Gelasiano do século VI. Mas não se pode negar de maneira simplista uma tradição tão universal como veremos: a Igreja do Oriente o chama de “grande mártir” e todos os calendários cristãos incluíram-no no elenco dos seus santos.

São Jorge é considerado um dos “oito santos auxiliadores” (8 de agosto). Já no século IV o grande imperador romano Constantino, que se converteu ao cristianismo em 313, construiu uma igreja em sua honra. No século V já havia cerca de 40 igrejas em sua honra no Egito. Em toda a Europa multiplicaram as suas igrejas. Em 1222, o Concílio Regional de Oxford na Inglaterra estabeleceu uma festa em sua honra, e nos primeiros anos do século XV, o arcebispo de Cantuária na Inglaterra ordenou que esta festa fosse celebrada com tanta celebridade como o Natal. No ano de 1330, o rei católico Eduardo III da Inglaterra já tinha fundado a Ordem dos Cavaleiros de São Jorge.

A DEVOÇÃO DO AMOR

Amar e ser amado! Uma questão que se impõe aos homens de todas épocas. Há vários tipos de amores. Amor humano, amor divino. Fomos amados primeiros afirma o apóstolo do amor: São João.

Uma devoção que traz consigo toda força desse significado é a do Sagrado Coração de Jesus.

Sim! Deus nos amou desde o princípio, pois já existíamos nos planos dEle. Pois como afirma o Monsenhor João Clá, citando São Tomás "O homem pode sentir afeto ou repulsa apenas por objetos cuja existência conhece. Com Deus, entretanto, o fenômeno dá-se de forma diversa. Ele, afirma São Tomás, "conhece todas as coisas, não apenas as que existem em ato, como também aquelas que estão em sua potência ou na potência das criaturas. [...] Seu olhar recai desde toda eternidade sobre todas as coisas, como estão em sua presença".

A nossa criação é uma escolha feita por puro amor, grautitamente. Pois acrescenta o Monsenhor João Clá que no mundo dos possíveis divino,nosso Criador escolheu a cada um em particular, tendo-nos presente em sua Redenção.

Alguém objetaria que uma criatura, assim, seria como Deus, pois existiria desde toda a eternidade. A essa objeção Santo Tomaz explica que "embora as criaturas não tenham existido desde toda a eternidade, senão em Deus, por ter existido em Deus desde toda a eternidade, Ele a conheceu desde toda a eternidade em suas próprias natureza; e por isso mesmo as amou".

A SANTIDADE DO SACERDÓCIO, UMA EXIGÊNCIA

Desde a Antiga Lei, a pessoa do sacerdote é cercada de uma dignidade que requer vida exemplar. Assim, no Livro do Levítico, encontramos duplo apelo à santidade. De um lado, a mando de Deus, Moisés exorta o povo de Israel a buscar a perfeição: "Fala a toda a comunidade dos israelitas e dize-lhes: Sede santos, porque Eu, o Senhor vosso Deus, sou santo" (Lv 19, 1). Mas aos sacerdotes a santidade é exigida com mais razão, porque são eles a oferecer os sacrifícios, fazendo o papel de intermediários entre Deus e o povo. Apresentar-se manchado pelo pecado diante do Altíssimo, para exercer o múnus sacerdotal, seria uma afronta ao Criador. "Os sacerdotes [...] serão santos para o seu Deus e não profanarão o seu nome, porque oferecem ao Senhor os sacrifícios consumidos pelo fogo, o pão de seu Deus. Serão santos" (Lv 21, 5-6).

E dado que o Antigo Testamento é figura do Novo, compreende-se a necessidade de, na Nova Aliança, a santidade atingir um grau muito maior. Isto transparece da teologia tomista, a qual nos apresenta o ministro ordenado como tendo sido elevado a uma dignidade régia, no meio dos outros fiéis de Cristo, pois O representa e, em diversas ocasiões, age in persona Christi. Impossível, portanto, imaginar-se título superior. E como ele é chamado a ser mediador entre Deus e os homens, além de guia destes para as coisas divinas, deve necessariamente ser-lhes superior em santidade, embora todos os batizados sejam também chamados à perfeição.

Santo Afonso de Ligório, em sua obra A Selva, fundamentando-se na autoridade de São Tomás, esboça a figura do sacerdote como aquele que, por seu ministério, supera em dignidade os próprios Anjos, e por isso está obrigado a uma maior santidade, dado o seu poder sobre o Corpo de Cristo. De onde, conclui o fundador dos Redentoristas, a necessidade de uma dedicação integral do sacerdote à glória de Deus, de tal sorte que brilhe aos olhos do Senhor em razão da sua boa consciência e aos olhos do povo por sua boa reputação.[1]

QUEM SE EXALTAR SERÁ HUMILHADO

Muitos julgam, erroneamente, que o orgulho é apenas mais uma paixão sem grandes implicações para a salvação das almas. Mas a realidade é bem mais séria, como assevera o Pe. Garrigou-Lagrange: "todos os pecados e a condenação eterna vêm de um fundo maldito que procura a si mesmo e que é oposto a Deus". 1

Quem vive procurando a si mesmo em tudo o que faz, torna estéreis todas as suas obras - isto é, não produz frutos sobrenaturais e, muitas vezes, nem sequer naturais - e, no dia juízo, não receberá nenhuma recompensa de Deus. Assim nos ensinou Nosso Senhor Jesus Cristo quando, referindo-Se aos fariseus, que jejuavam e oravam só "para serem vistos pelos homens" (Mt 6, 5), recriminou-os dizendo: "Em verdade Eu vos digo, já receberam sua recompensa" (Mt 6, 16).

ESCOLHO SEGUIR A TRILHA DA VERDADE

Hoje vou progredindo na lei do Senhor. Afasto-me da mentira e recebo a Lei Divina como um presente.

Escolho seguir a trilha da verdade seguindo os Mandamentos de Deus.

Fonte: Ave Luz

AQUI ESTÁ O CAMINHO MAIS DOCE. AMENO, SEGURO, EM UMA PALABRA, PERFEITO PARA O CÉU. _ Parte I

"Porta do Céu" - Para o céu, não há caminho mais seguro, mais ameno e mais certo que a Virgem Santíssima!
No céu!…
É para lá que nos devem conduzir as nossas piedosas investigações sobre as misericórdias da Mãe de Deus.
No céu!… É bem lá que a poderemos contemplar a descoberto; e que poderemos admirar durante toda a eternidade as maravilhas que o Senhor nela acumulou.
É aí que compreenderemos, em fim, tudo o que Maria foi para nós durante o nosso exílio, todos os tesouros do seu amor e todos os expedientes do seu coração de Virgem e de Mãe.

VOCÊ TEM VALOR!

Gosto muito daquela música que diz assim:

Quero que valorize o que você tem,tumblr_lg429g0YPc1qebt6no1_500
Você é um ser, você é alguém, tão importante para Deus…

Deixa de ficar sofrendo angústia e dor neste seu complexo inferior, dizendo às vezes que não é ninguém…

Eu venho falar do valor que você tem…
Eu venho falar do valor que você tem…
O Espírito Santo mora em você
fazendo gemidos inexprimíveis!

Depois da viagem fantástica que fizemos pelo Cosmos, você pôde notar a sua grandeza e a sua beleza. Mas todo este universo “não sabe que existe”; não tem alma, não tem inteligência, não tem vontade e não tem consciência. Você tem; por isso você é mais importante do que todo o Cosmos. Você é mais importante do que as quintilhões de estrelas…

quarta-feira, 22 de abril de 2015

APRENDENDO COM AS PARÁBOLAS DE JESUS

Parábola do trigo e do joioDeus semeia “boas sementes” no coração das pessoas, mas veio o mal, e semeou o joio no campo de Deus…

Jesus ensinava as grandes lições em parábolas, porque era uma maneira de explicar os mistérios do Reino de Deus que facilitava o entendimento dos pequenos e dos grandes. Na matemática, parábola é uma curva que se abre ao infinito, como um “V”, não se esgota.

Uma dessas parábolas é a do joio (ou cizânia) e do trigo.

Jesus contou esta parábola para mostrar o embate entre o bem e o mal neste mundo, e que só vai acabar quando Ele voltar.

O AMOR DE DEUS AO MUNDO

Jesus veio ao mundo para salvá-lo. Depois de cumprir até o fim a sua missão, passando pela morte e ressurreição, deixou a Igreja para continuar a obra da salvação de cada pessoa. Para isto, enviou os Apóstolos: “Ide a todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc 16,15). Esta é, portanto, a missão da Igreja e também de cada um de nós que recebeu o santo Batismo.

Cada cristão deve ser, como diziam os Padres da Igreja, “alter Christus” (um outro Cristo) que vai pelo mundo propagando o Evangelho, com a vida e com as palavras. Em cada cristão, consciente disso, Cristo continua a Sua missão salvífica. Assim, Ele nos deu a honra e a glória de o ajudarmos a construir o Seu Reino, que também é nosso. Desfrutará das delícias desse Reino eterno, todo aquele que tiver trabalhado para construí-lo.

O QUE É MAIS IMPORTANTE NA AMIZADE?

A amizade, cuja fonte é Deus, não se esgota nunca, dizem os santos.

Alguém disse que o amigo é algo especial que Deus inventou para cuidar da gente. A Palavra de Deus diz que “um amigo fiel é uma poderosa proteção: quem o achou, descobriu um tesouro” (Eclo 6, 14) .

Ora, tesouro é aquilo que nos enriquece. Então, o amigo é alguém que nos faz crescer, nos torna melhores.

Tive muitos amigos em toda a minha vida. Como as pessoas são diferentes! Graças a Deus, temos amigos de todo tipo: os engraçados, os intelectuais, os que nunca se animam, os que nos mimam, os originais, os que necessitam cuidados, os que são capazes de nos carregar seja qual for nosso estado de ânimo, os que sempre estão atentos, os que só mostram uma pequena parte do que são, os que sempre conseguem o que querem, os corajosos, os que sempre tem uma notícia ou uma novidade para contar, os que entram em casa a qualquer momento, os que nos fazem temer, os organizados, os “folgados” de sempre, os protetores, os de longe, os que não param de trabalhar, os que têm mania de grandeza, os que sempre estão enrolados em algo, os que são capazes de fazer qualquer coisa para evitar que passemos um mal momento, os que necessitam proteção, os brincalhões, os surpreendentes, os que nos fazem rir a qualquer preço, os que são tão ternos, os que sempre estão nos esperando… Quem busca um amigo sem defeito, fica sem amigo.

“ aquele que suporta as tribulações com paciência tem o paraíso antecipado…”

Veja como é importante a resignação com a Vontade de Deus

É necessário ter paciência nas provações e nas tribulações, pois, se Deus as permite, são sempre para um bem maior.

Em tudo o que acontece reconhecei sempre a vontade de Deus.

Toda a malícia dos homens e do demônio não pode fazer que aconteça alguma coisa contra a vontade de Deus; é por isso que Nosso Senhor afirma que não cairá um cabelo da nossa cabeça sem a vontade do Pai celeste.

Assim, nas doenças, nas tentações, nas injúrias, em qualquer acontecimento, remontai à vontade de Deus, dizendo com um coração submisso e amante: “Seja feita a Vossa vontade”; que o Senhor faça de mim o que quiser, quando quiser e como quiser.

PAPA FRANCISCO CONVOCA OFICIALMENTE O JUBILEU DA MISERICÓRDIA

O Papa Francisco apresentou neste sábado, 11 de abril, a bula ‘Misericordiæ Vultus’ (Rosto de Misericórdia), com a qual convocou oficialmente o Jubileu da Misericórdia que será realizado de 8 de dezembro de 2015 a 20 de novembro de 2016. A bula composta por 25 números deseja que cada pessoa viva a Misericórdia e se deixe surpreender por Deus.

Misericordiae Vultus

BULA DE PROCLAMAÇÃO

DO JUBILEU EXTRAORDINÁRIO DA MISERICÓRDIA

FRANCISCO

BISPO DE ROMA

SERVO DOS SERVOS DE DEUS

A QUANTOS LEREM ESTA CARTA

GRAÇA, MISERICÓRDIA E PAZ

[Multimídia]


1. Jesus Cristo é o rosto da misericórdia do Pai. O mistério da fé cristã parece encontrar nestas palavras a sua síntese. Tal misericórdia tornou-se viva, visível e atingiu o seu clímax em Jesus de Nazaré. O Pai, « rico em misericórdia » (Ef 2, 4), depois de ter revelado o seu nome a Moisés como « Deus misericordioso e clemente, vagaroso na ira, cheio de bondade e fidelidade » (Ex 34, 6), não cessou de dar a conhecer, de vários modos e em muitos momentos da história, a sua natureza divina. Na « plenitude do tempo » (Gl 4, 4), quando tudo estava pronto segundo o seu plano de salvação, mandou o seu Filho, nascido da Virgem Maria, para nos revelar, de modo definitivo, o seu amor. Quem O vê, vê o Pai (cf. Jo 14, 9). Com a sua palavra, os seus gestos e toda a sua pessoa,[1]Jesus de Nazaré revela a misericórdia de Deus.

2. Precisamos sempre de contemplar o mistério da misericórdia. É fonte de alegria, serenidade e paz. É condição da nossa salvação. Misericórdia: é a palavra que revela o mistério da Santíssima Trindade. Misericórdia: é o acto último e supremo pelo qual Deus vem ao nosso encontro. Misericórdia: é a lei fundamental que mora no coração de cada pessoa, quando vê com olhos sinceros o irmão que encontra no caminho da vida. Misericórdia: é o caminho que une Deus e o homem, porque nos abre o coração à esperança de sermos amados para sempre, apesar da limitação do nosso pecado.

CONFIANÇA E ALEGRIA

Entrego com confiança a minha vida, meus pensamentos, meus sentimentos e minhas ações a Deus.

Sou protegida e guiada pelo Deus Amoroso que enche meu coração da mais pura Alegria!

Fonte: Ave Luz

DESEJO À VOCÊ


Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém