Páginas

MENU

Menu Deslizante

PAI NOSSO

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME, VEM A NÓS O VOSSO REINO, SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU. O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAÍ HOJE, PERDOAI-NOS AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO, NÃO NOS DEIXEI CAIR EM TENTAÇÃO MAS LIVRAI-NOS DO MAL. AMÉM.

quinta-feira, 24 de março de 2016

Tríduo Pascal: TRÍDUO PASCAL

Refletir a paixão do Senhor, sentir seu amor, esperar a Ressurreição

Cidade do Vaticano (Quarta-Feira, 23/03/2016, Gaudium Press) - Na Audiência Geral de hoje, 23 de março, quarta-feira da Semana Santa, o Santo Padre desenvolveu como tema de sua Catequese o Tríduo Pascal, no Jubileu da Misericórdia.
No Tríduo, disse o Papa, vivemos Momentos que "nos permitem entrar sempre mais no grande mistério da nossa fé: a Ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo".

Resultado de imagem para triduo pascal

Memorial de Mistério, amor, provações
"O Mistério que veneramos nesta Semana Santa é uma grande história de amor que não conhece obstáculos", afirmou Francisco e continuou:
"A Paixão de Jesus dura até o fim do mundo, porque é uma história de partilha com os sofrimentos de toda humanidade e uma permanente presença nos acontecimentos da vida pessoal de cada um de nós.
Em síntese, o Tríduo Pascal é o memorial de um drama de amor que nos dá a certeza de que nunca seremos abandonados nas provas da vida".


O Tríduo
Recordando a Quinta-feira Santa, quando Jesus institui a Eucaristia, antecipando na última ceia o sacrifício do Gólgota, Francisco sublinhou: a "Eucaristia é amor que se faz serviço. É a presença sublime de Cristo que deseja alimentar cada um de nós, sobretudo os mais necessitados".

"Não somente", acrescentou o Papa, "no doar-se a nós como alimento, Jesus atesta que devemos aprender a dividir com os outros este nutrimento para que se transforme em uma verdadeira comunhão de vida com os mais necessitados. Ele doa-se a nós e nos pede que permaneçamos n'Ele para fazer o mesmo".
Para o Santo Padre, a Sexta-feira Santa é o momento culminante do amor que não exclui: "A morte de Jesus, que na cruz se abandona ao Pai para oferecer salvação ao mundo inteiro, exprime o amor doado até o fim, sem fim":
"Se Deus nos demonstrou seu amor supremo na morte de Jesus, então também nós, regenerados pelo Espírito Santo, podemos e devemos amar uns aos outros".
Sábado Santo, o silêncio de Maria
No Sábado Santo "Deus se cala, por amor", continuou o Pontífice:
Para nós, disse, "Deve ser um dia de silêncio. Devemos fazer de tudo para que para nós seja um dia de silêncio como foi naquele tempo, o dia do silêncio de Deus".
"No Sábado Santo, nos fará bem pensar ao silêncio de Nossa Senhora, a crente que, em silêncio, esperava pela Ressurreição.
Nossa Senhora deverá ser o ícone daquele Sábado Santo. Pensar tanto em como Nossa Senhora viveu aquele Sábado Santo, esperando...".
Concluindo, Francisco afirmou que o Tríduo Pascal é, assim, um convite a fixar o olhar na paixão e morte do Senhor, para poder acolher no coração a grandeza do seu amor, na espera da Ressureição e, então, fixarmos em nossa alma que "Este é o nosso Jesus, que diz a cada um de nós: se pudesse sofrer mais por você, o faria". (JSG)







DESEJO À VOCÊ


Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém