Páginas

MENU

Menu Deslizante

PAI NOSSO

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME, VEM A NÓS O VOSSO REINO, SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU. O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAÍ HOJE, PERDOAI-NOS AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO, NÃO NOS DEIXEI CAIR EM TENTAÇÃO MAS LIVRAI-NOS DO MAL. AMÉM.

sábado, 9 de abril de 2016

O PAPA EM SANTA MARTA

‘Sem o Espírito Santo não há testemunho cristão’

Os santos da vida ordinária e os mártires de hoje são os que levam adiante a Igreja ao serem coerentes e corajosas testemunhas de Jesus ressuscitado, garantiu o Santo Padre na Homilia celebrada na manhã de hoje em Santa Marta.

A primeira leitura do dia, dos Atos dos Apóstolos, fala da ousadia de Pedro que, após a cura do paralítico, anuncia a Ressurreição de Jesus diante dos chefes do Sinédrio. E estes, com raiva, querem condená-lo à morte.

Tinham-no proibido pregar em nome de Jesus, mas ele continua proclamando o Evangelho porque “precisa obedecer a Deus em vez dos homens”, sublinhou o Papa. Este Pedro “valente” não tem nada a ver com o “Pedro covarde” da noite de Quinta-Feira Santa, “quando cheio de medo nega o Senhor três vezes”, recordou Francisco.

Agora Pedro se fortifica no testemunho. “O testemunho cristão segue o mesmo caminho que Jesus: dar a vida”. De uma forma ou de outra, o cristão “arrisca a vida quando dá testemunho da verdade”, explicou o Papa na homilia.

Da mesma forma, indicou que “a coerência entre a vida e o que vimos e acolhemos é justamente o começo do testemunho. Mas o testemunho cristão tem outra coisa, não é só de quem o dá: o testemunho cristão sempre está em dois. “E desses fatos somos testemunhas nós e o Espírito Santo’. Sem o Espírito Santo não existe testemunho cristão. Porque o testemunho cristão, a vida cristã é uma graça, é uma graça que o Senhor nos dá com o Espírito Santo”.

Assim, o Papa sublinhou que “sem o Espírito não conseguimos ser testemunhas”. Porque o testemunho é “coerente com o que diz, com o que faz e com o que recebeu, ou seja, o Espírito Santo”. Esta é a valentia cristã, este é o testemunho.

Portanto, o Papa Francisco garantiu que “este é o testemunho dos nossos mártires hoje, muitos, expulsos da sua terra, refugiados, assassinados, perseguidos: têm a coragem de confessar Jesus precisamente até o momento da morte; é o testemunho desses cristãos que vivem a sua vida seriamente e dizem: ‘Eu não posso fazer isso, eu não posso fazer mal ao outro; eu devo dar o meu testemunho’. E o testemunho, ou seja, o que na fé viu e ouviu, ou seja, Jesus ressuscitado, com o Espírito Santo, que recebeu como dom”.

Em momentos difíceis da história – concluiu o Papa – ouve-se dizer que a pátria precisa de heróis. E isso “é verdade, isso é justo”. Mas, perguntou o Santo Padre, do que precisa a Igreja hoje? Francisco garantiu que de testemunhas, ou seja, dos santos, dos santos de todos os dias, os da vida ordinária, mas com coerência, e também as testemunhas até o fim, até a morte”, disse o bispo de Roma.

Assim, concluiu a homilia recordando que estes são “o sangue vivo da Igreja; estes são os que levam a Igreja adiante, as testemunhas; aqueles que dão fé de que Jesus ressuscitou, de que Jesus está vivo. E o fazem com a coerência da sua vida e com o Espírito Santo que receberam como dom”.

Fonte: ZENIT o mindo Visto de Roma

DESEJO À VOCÊ


Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém